February Chronicle by Sara Cattin & Raphael Daibert (feat. Logics of Montage Study Group).

28.11.18 | tag: Epen

A mash-up of structures, images, voices, ideas, sounds, stories. Sessions led by Jon, Vinita, Raphael and Vita that led us to endless misconstructions, I mean, deconstructions - but the computer edited the words written without asking or questioning. Questioning reality, fiction, the construction of both or how are both constructed? Possible universe, possible spaces, possible ways of being, possible epistemologies or ontologies. Performativity as a tool: 

“Afinal, através da montação, é possível instaurar uma contra legitimidade que desmistifica os atributos morais predominantes. Um corpo montado – ao questionar, por exemplo, as representações de gênero – possibilita a ruptura de padrões e tabus sociais, configurando-se como uma tela de pintura viva, um outdoor que se destaca em lutas pela sexualidade livre e por uma linguagem sem censura.” (Schäfer, Matheus: “Inventar o mundo: A montação”, 2017.)

 

Curating Positions: Logics of Montage.